Habilitando Macros Permanentemente

Se você tem um documento do Office com macros, ao abri-lo sempre aparece aquela mensagem chata pedindo para você habilitar as macros.

Isso é incomodo porque se você tem, por exemplo, uma planilha dinâmica que executa determinados procedimentos automaticamente ao abrir a pasta de trabalho, esses procedimentos não serão executados até que as macros sejam habilitadas:


Para habilitar permanentemente suas macros no Excel 2007, siga os passos a seguir:

Vá nas "Opções do Excel" que fica no "Botão Office":


Com a janela de opções do Excel aberta, navegue até "Central de Confiabilidade" e clique em "Configurações da Central de Confiabilidade":


Na janela de central de confiabilidade, navegue até "Configurações de Macro" e clique em "Habilitar todas as macros", logo depois basta dar Ok e todas as suas macros estarão permanentemente habilitadas:


Para habilitar permanentemente suas macros no Excel 2010, basta ir em "Arquivo" e, em seguida, clicar em "Opções":


Os outros passos são iguais aos acima citados.


Nome do Autor

Sobre o autor

Flávio Santos é o editor-chefe do Tecla Ti. Vice campeão de todas as Américas em Tecnologia da Informação pela Worldskills Americas. Especialista Microsoft Office, programador VBA, C, JAVA, PHP e desenvolvedor de aplicações. Leia Mais sobre o autor >>>

3 comentários:

olá Flavio,
Tenho alguma planilha excel com macros que rodam quando a planilha é aberta em tarefas agendadas do windows 7. Essas planilhas contém vínculos com outras planilhas, porém depois de um reboot no micro, a macro não roda porque perde a referência. Ao verificar o problema (debug), percebe-se que o excel não reconheceu os drives de rede (com um "x" sobre eles. Ao acessar uma única vez o drive de rede, ele funciona normalmente. Assim, criei uma macro que abre arquivos da rede ao ser aberto, ma ao reiniciar o micro, ele não abre sem que tenha uma interferência humana pra "mostrar" pro excel que as pastas existem. Tem alguma dica pra resolver esse problema?

Obrigado,

Mauricio

Postar um comentário